Vai fazer o teste ergométrico? Saiba tudo sobre o exame

2021-10-09T07:53:01-03:00

 

Cuidar da saúde é a melhor forma de prevenir doenças. E parte dessa prevenção passa pelo check-up médico, pois é através dessa avaliação clínica, laboratorial e de imagem feita de forma rotineira que é possível identificar precocemente problemas, distúrbios e fatores de riscos que podem afetar o nosso corpo de forma silenciosa. O teste ergométrico é um dos exames que compõe essa lista, permitindo uma análise importante do funcionamento cardiovascular do paciente.

Conheça tudo sobre o exame, saiba como ele é feito, suas indicações, contraindicações e o preparo necessário para a realização, em nosso guia completo do teste ergométrico.

O que é?

O teste ergométrico, também conhecido como teste de esforço, é um exame que mede a frequência, o ritmo cardíaco, a pressão arterial e outros parâmetros cardiológicos do indivíduo durante a prática de atividade física.

Como é feito?

São colocados eletrodos no tórax do paciente para o registro do eletrocardiograma enquanto ele caminha ou corre em uma esteira rolante. Os dados são registrados antes, ao final e na recuperação do esforço. O exame permite ao médico observar os sinais e sintomas que surgem durante e após a atividade.

  Quais as indicações?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, em sua Diretriz do Departamento de Ergometria e Reabilitação, o teste ergométrico tem a sua indicação bastante ampla, podendo ser realizado para:

  • Avaliação da dor torácica;
  • Avaliação e suspeita de doença arterial coronariana;
  • Avaliação pós-tratamento cardiológico (cirurgias cardíacas e angioplastia);
  • Avaliação da pressão arterial;
  • Avaliação de arritmias;
  • Avaliação pré-operatória;
  • Avaliação pré-esportiva.

Existem contraindicações?

Sim, são contraindicações para o teste ergométrico:

 Doença arterial coronária instável;

  • Obstrução no tronco da artéria coronária esquerda ou equivalente;
  • Arritmias não controladas;
  • Miocardites e pericardites agudas;
  • Estenose aórtica grave;
  • Hipertensão arterial grave;
  • Embolia pulmonar;
  • Qualquer enfermidade aguda;
  • Limitação física ou emocional;
  • Intoxicação medicamentosa;
  • Gestação.

Qual o preparo para o exame?

  • Medicamentos devem ser tomados normalmente (só suspenda se o seu médico assistente solicitar);
  • Alimentar-se levemente duas horas antes do exame;
  • Usar roupas leves e tênis;
  • Evitar fumar na data do teste e excesso de bebidas no dia anterior;
  • Não usar cremes, pomadas ou gel após o seu último banho;
  • Evitar exercícios antes do teste e no dia do exame;
  • Repouso na noite prévia ao teste.

Há riscos de complicações?

O teste ergométrico é, em geral, um exame seguro e com baixo risco de ocorrência de complicações graves.

Agora que você já sabe tudo sobre o teste ergométrico, realize o seu agendamento através do nosso site, no telefone (83) 2107-2600 ou pelo WhatsApp.