Exames

Procedimentos Intervencionistas

A Nova possui confortáveis instalações que permitem aos clientes necessitados de realizar procedimento intervencionista maior segurança e comodidade. Os procedimentos intervencionistas minimamente invasivos (biópsias e punções) são guiadas por métodos de imagem e indicados no diagnóstico de doenças, lesões e/ou alterações orgânicas, desde as mais simples até as mais complexas.

Após a coleta, o cliente poderá utilizar nossa área de repouso pós-sedação e o material colhido será identificado e enviado para a análise microscópica (realizada por um médico especialista, responsável pela análise microscópica e pelo laudo) que, na maioria das vezes, definirá o diagnóstico final.

Tipos de Exames

Biópsias

Biópsia de Vilo Coriônico

As biópsias são realizadas para diagnóstico de cromossomopatias e outras alterações genéticas. O procedimento consiste na remoção de uma amostra de células da placenta e posterior análise (cariótipo fetal).

A Biópsia de Vilo Coriônico, realizada entre a 11ª e 13ª semanas de gestação, é um procedimento ambulatorial e seguro tanto para a mãe quanto para o feto. A coleta de vilos coriais, feita sob visualização ultrassonográfica, é obtida por meio de punção aspirativa, por via transabdominal, no ambiente placentário. O material coletado é encaminhado a um médico especialista (geneticista), responsável pela análise microscópica e pelo laudo, que, na maioria das vezes, define o diagnóstico final.

Este exame não necessita de preparo prévio.

• Exame realizado entre a 11ª e 13ª semanas de gestação.

• É importante que você venha realizar o exame com um acompanhante, pois deverá ser observado repouso relativo nas duas horas seguintes ao procedimento.

• Procure usar roupas confortáveis, preferencialmente de duas peças.

• Antes do início de seu exame, o médico especialista lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, as restrições e as orientações no período pós-biópsia, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

Biópsia de Próstata por Via Transretal guiada por Ultrassonografia

As biópsias são realizadas para diagnóstico de doenças, lesões e/ou alterações orgânicas, desde as mais simples até as mais complexas. O procedimento consiste na emoção de uma amostra de células e/ou tecidos do organismo, para análise posterior.

A Biópsia de Próstata por Via Transretal consiste na retirada de uma amostra de tecido da glândula para análise em laboratório. O procedimento, realizado ambulatorialmente, é praticamente indolor, e deve estar sempre associado ao exame histopatológico, realizado por um especialista – o patologista -, médico responsável pela análise do material e pelo laudo que, na maioria das vezes, define o diagnóstico final.

Após a biópsia, recomenda-se repouso por algumas horas, pois pode ocorrer um pequeno sangramento pelo reto. Este sangramento é geralmente auto-limitado, não exigindo nenhuma forma de tratamento.

Como as biópsias ambulatoriais são procedimentos mais complexos que os demais exames, requerem condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, pedimos a gentileza de nos encaminhar, em até três dias antes do procedimento, exames anteriores relacionados à região a ser examinada – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação.

Será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que o orientará sobre o procedimento ao qual será submetido, o respectivo preparo, as restrições e as orientações no pré e pós-biópsia, além de um questionário sobre doenças e medicações em uso que deverá ser preenchido. Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

Seu exame será entregue no local de sua escolha, em até quatro dias úteis, salvo quando houver necessidade de uma avaliação mais ampla, que dependa de um conjunto de profissionais. As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Biópsia de Mama (Core Biopsy) guiada por Ultrassonografia

Se o seu exame físico e/ou os diagnósticos por imagem mostrarem uma área suspeita na mama, seu médico pode indicar uma biópsia. Isto não significa necessariamente a presença de tumores malignos. De acordo com a American Cancer Society, cerca de 80% das alterações mamárias que foram biopsiadas mostraram-se benignas ao exame microscópico. Para que se faça um diagnóstico definitivo dessa alteração, a mesma deverá ser analisada pelo médico patologista (estudo anatomopatológico).

A biópsia de mama pode ser realizada ambulatorialmente, sem internação e sem pontos, apenas com anestesia local. É o que chamamos de biópsia minimamente invasiva. A biópsia de mama ambulatorial pode ser feita por dois métodos: Core Biopsy ou Mamotomia (Biópsia Percutânea Assistida a Vácuo), ambos guiados por ultrassonografia ou por estereotaxia. A escolha do método dependerá do padrão da lesão.

• Como as biópsias ambulatoriais de mama são procedimentos mais complexos que os demais exames, requerem condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, há necessidade de uma pré-consulta, até três dias antes da realização do procedimento.

• Nesta ocasião, que será agendada segundo a sua conveniência, pedimos a gentileza de trazer exames anteriores de mamografia e ultrassonografia das mamas – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação. Caso você já tenha realizado biópsia de mama, traga também o resultado do estudo anatomopatológico e o exame que orientou o procedimento.

• A avaliação será feita por um médico especialista, que lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, o respectivo preparo, as restrições e as orientações no pré e pós-biópsia, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Caso você não possa comparecer a essa consulta inicial, pedimos a gentileza de nos encaminhar seus exames para avaliação. Na sua ausência, será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que a orientará sobre o procedimento ao qual será submetida e um questionário sobre medicações em uso.

• Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Seu exame será entregue no local de sua escolha, até quatro dias úteis, salvo quando houver necessidade de uma avaliação mais ampla, que dependa de um conjunto de profissionais. As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Localizações

Localização de Lesão Mamária por Agulhamento guiado por Estereotaxia/Mamografia

As lesões não palpáveis suspeitas, que exigem biópsia cirúrgica, devem ser previamente localizadas antes da cirurgia. A correta localização é um requisito fundamental para se evitar amplas ressecções com resultados inadequados e também garantir a retirada total da lesão.

A Localização de Lesão Mamária é feita ambulatorialmente sob anestesia local, por agulhamento guiado por mamografia com método biplanar ou estereotaxia com mesa dedicada, equipamento computadorizado, que após avaliar as coordenadas da lesão, avalia também a sua profundidade. Isto permite uma localização exata da área a ser investigada.

Preparo e orientações para

Localização de Lesão Mamária por Agulhamento guiado por Estereotaxia/Mamografia

• A localização de lesão mamária deve estar vinculada à marcação da sua cirurgia. Pode ser feita na véspera, caso a sua cirurgia esteja marcada para a parte da manhã, ou no próprio dia, caso o procedimento cirúrgico seja feito na parte da tarde ou à noite.

• Como a localização (agulhamento) de lesão mamária não palpável é um procedimento mais complexo que os demais exames, requer condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, há necessidade de uma pré-consulta, até três dias antes da realização do procedimento.

• Nesta ocasião, que será agendada segundo a sua conveniência, pedimos a gentileza de trazer exames anteriores de mamografia e ultrassonografia das mamas – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação. Caso você já tenha realizado biópsia de mama, traga também o resultado anátomo-patológico.

• A avaliação será feita por um médico especialista, que lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, o respectivo preparo, as restrições e as orientações necessárias, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Caso você não possa comparecer a essa consulta inicial, pedimos a gentileza de nos encaminhar seus exames para avaliação. Na sua ausência, será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que a orientará sobre o procedimento ao qual será submetida. Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Seu exame será entregue no mesmo dia, cerca de 30 minutos após o término do mesmo, pois será necessário levá-lo para sua internação. As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los, serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Localização de Lesão Mamária guiada por Mamografia - Técnica Radioguiada (ROLL)

Localização de Lesão Mamária guiada por Mamografia – Técnica Radioguiada (ROLL)

As lesões não palpáveis suspeitas, que exigem biópsia cirúrgica, devem ser previamente localizadas antes da cirurgia. A correta localização é um requisito fundamental para se evitar amplas ressecções com resultados inadequados e também garantir a retirada total da lesão.

A Localização de Lesão Mamária é feita ambulatorialmente sob anestesia local, por técnica radioguiada orientada por mamografia com método biplanar ou estereotaxia com mesa dedicada, equipamento computadorizado, que após avaliar as coordenadas da lesão, avalia também a sua profundidade. Isto permite uma localização exata da área a ser investigada.

A localização por ROLL (Radioguided Ocult Lesion Localization) emprega concomitante a localização radioguiada da lesão e o estudo do linfonodo sentinela no ato cirúrgico.

Preparo e orientações para

Localização de Lesão Mamária guiada por Mamografia – Técnica Radioguiada (ROLL)

• A localização de lesão mamária deve estar vinculada à marcação da sua cirurgia. Pode ser feita na véspera, caso a sua cirurgia esteja marcada para a parte da manhã, ou no próprio dia, caso o procedimento cirúrgico seja feito na parte da tarde ou à noite.

• Como a localização (Roll) de lesão mamária não palpável é um procedimento mais complexo que os demais exames, requer condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, há necessidade de uma pré-consulta, até três dias antes da realização do procedimento.

• Nesta ocasião, que será agendada segundo a sua conveniência, pedimos a gentileza de trazer exames anteriores de mamografia e ultrassonografia das mamas – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação.

• A avaliação será feita por um médico especialista, que lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, o respectivo preparo, as restrições e as orientações necessárias, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Caso você não possa comparecer a essa consulta inicial, pedimos a gentileza de nos encaminhar seus exames para avaliação. Na sua ausência, será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que a orientará sobre o procedimento ao qual será submetida. Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Após a injeção do rádio-fármaco marcador, realizada na NOVA, você deverá dirigir-se ao Hospital Santa Paula (próximo à clínica), onde um biomédico de nossa equipe irá recebê-la para realizar as primeiras imagens após o procedimento. Essas imagens são essenciais para que o seu cirurgião possa fazer o planejamento cirúrgico.

• Seu exame será entregue no mesmo dia, cerca de 30 minutos após o término do mesmo. As imagens realizadas no Hospital Santa Paula serão anexadas ao exame, pois será necessário levá-lo para a sua internação.

• As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los, serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Localização de Lesão Mamária guiada por Ultrassonografia - Técnica Radioguiada (ROLL)

Localização de Lesão Mamária guiada por Ultrassonografia – Técnica Radioguiada (ROLL)

As lesões não palpáveis suspeitas, que exigem biópsia cirúrgica, devem ser previamente localizadas antes da cirurgia. A correta localização é um requisito fundamental para se evitar amplas ressecções com resultados inadequados e também garantir a retirada total da lesão.

O procedimento é feito ambulatorialmente sob anestesia local, por técnica radioguiada, orientado por ultrassonografia, que permite uma localização rápida e segura de lesões não palpáveis, quando visíveis por este método. Este procedimento é mais simples e mais confortável para as pacientes. Permite também que o radiofármaco seja introduzido pelo trajeto mais curto, possibilitando uma melhor via de acesso.

A localização por ROLL (Radioguided Ocult Lesion Localization) emprega concomitante a localização radioguiada da lesão e do estudo do linfonodo sentinela no ato cirúrgico.

Preparo e orientações para

Localização de Lesão Mamária guiada por Ultrassonografia – Técnica Radioguiada (ROLL)

• A localização de lesão mamária deve estar vinculada à marcação da sua cirurgia. Pode ser feita na véspera, caso a sua cirurgia esteja marcada para a parte da manhã, ou no próprio dia, caso o procedimento cirúrgico seja feito na parte da tarde ou à noite.

• Como a localização (Roll) de lesão mamária não palpável é um procedimento mais complexo que os demais exames, requer condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, há necessidade de uma pré-consulta, até três dias antes da realização do procedimento.

• Nesta ocasião, que será agendada segundo a sua conveniência, pedimos a gentileza de trazer exames anteriores de mamografia e ultrassonografia das mamas – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação.

• A avaliação será feita por um médico especialista, que lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, o respectivo preparo, as restrições e as orientações necessárias, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Caso você não possa comparecer a essa consulta inicial, pedimos a gentileza de nos encaminhar seus exames para avaliação. Na sua ausência, será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que a orientará sobre o procedimento ao qual será submetida. Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Após a injeção do rádio-fármaco marcador, realizada na NOVA, você deverá dirigir-se ao Hospital Santa Paula (próximo à clínica), onde um biomédico de nossa equipe irá recebê-la para realizar as primeiras imagens após o procedimento. Essas imagens são essenciais para que o seu cirurgião possa fazer o planejamento cirúrgico.

• Seu exame será entregue no mesmo dia, cerca de 30 minutos após o término do mesmo. As imagens realizadas no Hospital Santa Paula serão anexadas ao exame, pois será necessário levá-lo para a sua internação.

• As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los, serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Punções

Punção de Coleções Superficiais guiada por Ultrassonografia

A Punção de Coleções Superficiais consiste na drenagem do material da coleção. Após a coleta, o material identificado poderá ser encaminhado para análise, de acordo com a solicitação de seu médico. Esse procedimento, guiado por ultrassonografia apresenta como vantagem a possibilidade de se realizar a punção em movimentos multidirecionais.

Preparo e orientações para Punção de Coleções Superficiais guiada por Ultrassonografia

Este exame não necessita de preparo prévio.

• Para que se faça uma avaliação preliminar do procedimento a ser realizado pedimos a gentileza de nos encaminhar exames anteriores, principalmente o exame que indicou a punção.

• Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Seu exame será entregue em até sete dias úteis, salvo quando houver necessidade de uma avaliação mais ampla, que dependa de um conjunto de profissionais.

Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Nódulo de Tireóide guiada por Ultrassonografia

As punções são realizadas para diagnóstico de doenças, lesões e/ou alterações orgânicas, desde as mais simples até as mais complexas. O procedimento consiste na remoção de uma amostra de células do organismo. Após a coleta, o material é identificado e enviado para a análise microscópica, que é realizada por um especialista (patologista), médico responsável pela análise citopatológica e pelo laudo que, na maioria das vezes, define o diagnóstico final.

A Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) consiste na aspiração de pequenas amostras líquida ou sólida do nódulo. A punção é praticamente indolor e será orientada por ultrassonografia. Este método apresenta como vantagem a possibilidade de se realizar a punção em movimentos multidirecionais.

Preparo e orientações para PAAF de Nódulo de Tireoide guiada por Ultrassonografia

Este exame não necessita de preparo prévio

• Como as punções ambulatoriais são procedimentos mais complexos que os demais exames, requerem condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, há necessidade de uma pré-consulta, até três dias antes da realização do procedimento.

• Nesta ocasião, que será agendada segundo a sua conveniência, pedimos a gentileza de trazer exames anteriores da região a ser examinada – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação. Caso você já tenha realizado este tipo de punção, traga também o resultado do estudo citológico e o exame que orientou o procedimento.

• A avaliação será feita por um médico especialista, que lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, o respectivo preparo, as restrições e as orientações necessárias, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Caso você não possa comparecer a essa consulta inicial, pedimos a gentileza de nos encaminhar seus exames para avaliação. Na sua ausência, será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que a orientará sobre o procedimento ao qual será submetida. Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Seu exame será entregue no local de sua escolha, em até quatro dias úteis, salvo quando houver necessidade de uma avaliação mais ampla, que dependa de um conjunto de profissionais. As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Região Cervical guiada por Ultrassonografia

As punções são realizadas para diagnóstico de doenças, lesões e/ou alterações orgânicas, desde as mais simples até as mais complexas. O procedimento consiste na remoção de uma amostra de células do organismo. Após a coleta, o material é identificado e enviado para a análise microscópica, que é realizada por um especialista – o patologista -, médico responsável pela análise citopatológica e pelo laudo que, na maioria das vezes, define o diagnóstico final.

A Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) consiste na aspiração de pequenas amostras líqüidas ou sólidas. A punção é praticamente indolor e pode ser realizada com auxílio da ultrassonografia, se a lesão não for palpável. Este método apresenta como vantagem a possibilidade de se realizar a punção em movimentos multidirecionais.

Preparo e orientações para Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Região Cervical guiada por Ultrassonografia

Este exame não necessita de preparo prévio.

• Como as punções ambulatoriais são procedimentos mais complexos que os demais exames, requerem condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, há necessidade de uma pré-consulta, até três dias antes da realização do procedimento.

• Nesta ocasião, que será agendada segundo a sua conveniência, pedimos a gentileza de trazer exames anteriores da região a ser examinada – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação. Caso você já tenha realizado este tipo de punção, traga também o resultado do estudo citológico e o exame que orientou o procedimento.

• A avaliação será feita por médico especialista, que lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, o respectivo preparo, as restrições e as orientações necessárias, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Caso você não possa comparecer a essa consulta inicial, pedimos a gentileza de nos encaminhar seus exames para avaliação. Na sua ausência, será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que a orientará sobre o procedimento ao qual será submetida e um questionário sobre medicações em uso. Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Seu exame será entregue no local de sua escolha, em até quatro dias úteis, salvo quando houver necessidade de uma avaliação mais ampla, que dependa de um conjunto de profissionais. As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Mama guiada por Ultrassonografia

As punções são realizadas para diagnóstico de doenças, lesões e/ou alterações orgânicas, desde as mais simples até as mais complexas. O procedimento consiste na remoção de uma amostra de células do organismo. Após a coleta, o material é identificado e enviado para a análise microscópica, que é realizada por um especialista – o patologista -, médico responsável pela análise citopatológica e pelo laudo que, na maioria das vezes, define o diagnóstico final.

A Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de mama consiste na aspiração de pequenas amostras líqüidas ou sólidas de nódulos. A punção é praticamente indolor e pode ser realizada com auxílio da ultrassonografia, se a lesão não for palpável. Este método apresenta como vantagem a possibilidade de se realizar a punção em movimentos multidirecionais.

Preparo e orientações para Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Mama guiada por Ultrassonografia

• Como as punções ambulatoriais de mama são procedimentos mais complexos que os demais exames, requerem condutas igualmente diferenciadas. Por esta razão, há necessidade de uma pré-consulta, até três dias antes da realização do procedimento.

• Nesta ocasião, que será agendada segundo a sua conveniência, pedimos a gentileza de trazer exames anteriores de mamografia e ultrassonografia das mamas – principalmente o exame que indicou o procedimento – para que se faça uma avaliação. Caso você já tenha realizado este tipo de punção traga também o resultado do estudo citológico e o exame que orientou a punção.

• A avaliação será feita por um médico especialista, que lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, o respectivo preparo, as restrições e as orientações necessárias, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Caso você não possa comparecer a essa consulta inicial, pedimos a gentileza de nos encaminhar seus exames para avaliação. Na sua ausência, será necessário que nos forneça um endereço – que pode ser eletrônico – para o envio de um informativo que a orientará sobre o procedimento ao qual será submetida e um questionário sobre medicações em uso. Ressaltamos que estamos à sua disposição para esclarecer qualquer dúvida.

• Seu exame será entregue no local de sua escolha, em até quatro dias úteis, salvo quando houver necessidade de uma avaliação mais ampla, que dependa de um conjunto de profissionais. As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.

Amniocentese Genética (Punção de Líquido Amniótico)

As punções são realizadas para diagnóstico de cromossomopatias e outras alterações genéticas. O procedimento consiste na retirada de pequena quantidade do líquido amniótico e posterior análise (cariótipo fetal).

A punção do líquido amniótico é monitorada por ultrassonografia, e deve ser realizada entre a 16ª e 24ª semanas de gestação. Tanto o procedimento em si, quanto a ultrassonografia – que não emite radiação ionizante -, são seguros para o feto e para a mãe.

A coleta do material é realizada por via abdominal, e permite analisar as células presentes no líquido que banha o bebê (de renovação contínua). Essas células são originadas pela descamação da pele, bexiga, e trato gastrintestinal do feto.

O material coletado é encaminhado a um médico especialista (geneticista), responsável pela análise microscópica e pelo laudo que, na maioria das vezes, define o diagnóstico final.

Este exame não necessita de preparo prévio.

• Exame realizado entre a 16ª e 24ª semanas de gestação.

• É importante que você venha realizar o exame com um acompanhante, pois deverá ser observado repouso relativo nas duas horas seguintes ao procedimento.

• Procure usar roupas confortáveis, preferencialmente de duas peças.

• Antes do início de seu exame, o médico especialista lhe explicará detalhadamente como será realizado o procedimento, as restrições e as orientações no período pós-punção, esclarecendo eventuais dúvidas que possam surgir.

• Seu exame será entregue no local de sua escolha, em até 15 dias, incluindo o resultado do geneticista, salvo quando houver necessidade de uma avaliação mais ampla, que dependa de um conjunto de profissionais. As imagens de seu exame e o respectivo laudo estarão disponíveis em nosso site no mesmo prazo. Para acessá-los serão fornecidos número de usuário e senha pessoal no dia da realização dos mesmos.

• Os resultados dos seus exames, disponibilizados na web, permitem que o seu médico tenha acesso às imagens e à análise diagnóstica a qualquer momento, auxiliando-o na condução de seu caso.

OBS: As imagens disponibilizadas via internet só têm efeito para diagnóstico se forem avaliadas em monitor de alta definição ou documentadas em impressora dedicada de alta resolução.