Música durante a gestação faz bem para o bebê

2018-09-20T13:04:03-03:00

Vários estudos confirmam que a música nos proporciona diversas sensações de prazer. E isso não é segredo para ninguém. Independente do seu gosto musical, quando ouvimos algo que gostamos o nosso corpo libera serotonina, hormônio responsável pelo bem-estar e relaxamento. Um bom exemplo disso é quando ouvimos música depois de um dia estressante de trabalho ou até mesmo durante uma atividade física.

Mas quando o assunto é gestação, será que toda essa sensação de prazer reflete no bebê ainda no ventre da mãe?

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Marqués e publicada pela revista “Ultrasound”, do British Medical Ultrasound Society, uma das instituições mais respeitadas do Reino Unido, comprovou pela primeira vez que o bebê ainda no útero é capaz de detectar sons transmitidos via intravaginal. Segundo o vídeo publicado pelos pesquisadores, o bebê respondeu aos sons com movimentos que correspondem à tranquilidade e prazer.

A pesquisa foi realizada com mulheres entre 14 e 39 semanas de gestação e foram utilizados exames de ultrassom para observar a reação do bebê no momento em que suas mães ouviam músicas. Aproximadamente 87% dos fetos reagiram fazendo movimentos com a cabeça e a língua.

Com isso, o estudo comprovou ainda que além de todo cuidado físico na gravidez, a gestante também tem que se preocupar com a saúde emocional do bebê. Quando o feto se desenvolve, células de memória da mãe são compartilhadas e, a partir daí, ele começa a sentir as emoções da mãe, por isso, é importante que haja uma interação com a criança ainda no útero.

Após cinco semanas, por exemplo, o bebê já sente alguns estímulos por causa das células de memória. Ele pode não ouvir, mas sente as vibrações do som. É a partir deste momento que todos os hábitos da mãe podem influenciar diretamente o bebê.

Música acalma

Seja para driblar o stress, ansiedade, angústias e até mesmo tristezas durante a gravidez, a música é um calmante natural. Por isso, a musicoterapia é muito indicada por profissionais da Medicina Fetal durante o pré-natal, sempre com a intenção de acalmar o bebê.

E para que esse momento seja ainda mais relaxante, a recomendação é de que a gestante ouça música sempre sentada ou deitada, de preferência com um acompanhante fazendo massagem no abdômen enquanto conversa com o bebê ao som da música.

Com isso a mãe vai relaxando, os níveis de stress vão diminuindo e ela para de transmitir sensações ruins ao bebê. O estudo ainda confirma que a partir de 18 semanas o feto já consegue identificar a atividade como forma de se acalmar.

O estudo não confirma se existe um tipo específico de música para acalmar o bebê, mas o que importa é a sensação de prazer e relaxamento que a mãe sente neste momento.

Sugestões de músicas

Pensado neste momento tão importante no desenvolvimento do seu bebê durante a gestação, a Nova Diagnóstico preparou uma playlist especial que pode ajudar nesse processo. Basta clicar no link e curtir as canções que separamos para você.